A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, informa que os levantamentos iniciais mostram que as dívidas do município chegam a R$ 130 milhões. Ela afirma que outro problema é o orçamento deste ano de R$ 600 milhões deste ano foi superestimado. Para enfrentar essas e as demais dificuldades no começo de uma administração em crise, Rosalba destaca que a ordem é reduzir gastos. Os ajustes são duros com cortes de até 50%dos cargos comissionados.