Enquadrado na lei da Ficha Suja, tendo arriscado a reeleição em 2016 e concorrido mesmo estando sub júdice, o prefeito do município de Alto do Rodrigues, Abelardo Filho (DEM), foi cassado agora à noite pelo Tribunal Superior Eleitoral.
Mais de dois anos depois de ser reeleito, Abelardo terá que deixar o cargo e o TRE/RN, que havia garantido o mandato ao prefeito agora cassado, terá que decretar novas eleições em Alto do Rodrigues num prazo de 90 dias.
Cabe à defesa do prefeito recorrer ao STF, mas somente depois da publicação do Acórdão.
Por enquanto, cabe a Abelardo Filho deixar o cargo.
O presidente da Câmara deverá assumir a Prefeitura até que um novo gestor seja escolhido em eleição suplementar.