Coluna Brazilicana com Naiara Cooney




Ciro Gomes diz: Vou quebrar o quartel dos bancos, pesadamente, no 1º dia de governo


O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, voltou a criticar o setor bancário neste domingo, 26, em campanha na capital paulista. Reiterando o discurso em favor do aumento da concorrência no setor, o presidenciável afirmou que, uma vez eleito, vai envolver imediatamente Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil em uma estratégia de aumento da competitividade, com a prática de juros menores.
"Eu vou quebrar o cartel dos bancos. Vou quebrar pesadamente, já no primeiro dia", disse Ciro, que fez uma visita a uma feira livre na região de Itaquera.
Ciro acrescentou que seu plano para reduzir juros e estimular o consumo vai contemplar ainda medidas como a regulamentação de Fintechs e a já anunciada retirada do nome dos brasileiros da lista do Serviço de Proteção ao Crédito. Ele voltou a defender este último projeto, batizado de Nome Limpo, reforçando que "não se trata de dar dinheiro", mas sim de renegociar dívidas de forma a destravar a economia.